Imagens

z

Mulher-Maravilha

É uma das minhas heroínas preferidas dos gibis e tem uma popularidade incrível.

Logo estaremos assistindo ao seu filme de origem nas telonas. A princípio ninguém gostou da escolha de Gal Gadot pra interpretá-la, porém sua aparição em Batman vs Superman deu um gás de esperança pra todos.

Só que houveram até boatos de que o filme seria ruim e a diretora Patty Jenkins correu imediatamente pra dar explicações.

Por enquanto podemos dizer que o trailer mostrado está bom mais pra piorar BvsS está cotadíssimo pra receber o prêmio Framboesa de Ouro. Um tipo de Oscar que premia as piores categorias: filme, ator principal e coadjuvante, atriz mesma que no masc., roteiro, diretor entre outras coisas mais.

Vamos esperar pra conferir e pra mim a adaptação ficou fracona, principalmente por dar destaque pro Morcegão sendo que o filme era do Super.

Felizmente já foi confirmado que haverá Homem de Aço 2 e que Henry Cavill irá retornar pro papel. Eu adoraria que Zack Snyder não fosse cotado pra diretor, mas parece que é querer demais.

Continuando, o grande problema da DC são os executivos da Warner que não tem visão de porcaria nenhuma e querem apenas conseguir verdinhas com o licenciamento de merchandising.

Mudando de assunto o desenho DC Super Hero Girls mostra as aventuras de Diana, Supergirl, Batgirl, Abelha, Katana entre outras personagens da editora.

Acompanhamos a vida das heroínas em aventuras curtas dentro da Super Hero High School. Aonde além de assistir aulas, devem aprender sobre seus poderes e também lhe dar com os tipos diferentes de personalidades.

Amanda Waller é a diretora da escola e temos a presença de vários personagens conhecidos como: Lanterna Verde, Mutano, Nuclear, Flash, Tornado Vermelho entre outros.

As confusões geralmente são aprontadas pela Arlequina e também pela Mulher-Leopardo. O conteúdo dos desenhos são mais leves destinado pra meninas entre 6 e 12 anos.

É uma chance de renovar o público focando nelas que estão acompanhando bastante esse universo que tanto adoramos. Só pra constar, a empresa Mattel lançou uma linha de brinquedos e actions figures desta versão.

Bom, no desenho Justice League Action podemos notar que a equipe ficou muito diferente da versão do Bruce Timm.

Eu confesso que sou fã de BT e sei que são novos tempos querem arranjar uma nova quantidade de fãs e bibibi e bobobo.

Já, Justice League Action está centrado na trindade Superman, Mulher-Maravilha e Batman temos um entrosamento maior entre os heróis dando chance até pra algumas piadinhas e o relacionamento entre Kal e Diana que surgiu durante os Novos 52 foi mantido.

Há também bastante cenas de ação e os personagens foram redesenhados ficando mais simples pra ajudar nas cenas de humor.

Deixo pra essa nova geração apreciar esse desenho, pois a Liga anterior de BT era mil vezes melhor e isso não há como negar nunca, pois é inesquecível pra mim.

No ano passado a Guerreira Amazona fez 75 anos e ao longo destas décadas teve diversas histórias, porém a versão de George Pérez pra mim foi uma das melhores e mais marcantes.

Recentemente seu passado foi reescrito, pois Diana agora é uma semideusa, filha de Zeus com a Rainha Hipólita.

Durante a década de 60, Diana perdeu seus poderes, tendo que adaptar-se aprendeu artes marciais e se tornou dona de uma loja (essa fase ficou famosíssima).

Lembro que na década de 90, Diana perdeu o manto pra Ártemis é uma das amazonas perdidas que que migraram pro Egito. Ela é descendente de Antíope, irmã de Hipólita (e sua tribo é Bana-Mighdall).

Quando a Rainha teve uma visão do futuro viu Diana morrendo e guardando esse segredo. Decidiu intervir afirmando que Diana não servia mais pra ser embaixadora no Patriarcado.

Houve um novo torneio das amazonas, mas Artemis só venceu através de uma artimanha de Hipólita que pediu a feiticeira Magala que conjurasse um feitiço pra ajudá-la.

Artemis tornou-se a nova Mulher-Maravilha recebendo o mesmo uniforme de sua antecessora (o laço da verdade, sandália de Hermes. tendo problemas devido a seu temperamento violento.

A fim de melhorar sua imagem contratou uma empresa de relações públicas. E realmente decidida a mudar estava ajudando imigrantes oprimidos e mulheres que sofreram abuso sexual. Só que secretamente a empresa era comandada pelo vilão Mago Branco e Artemis morreu combatendo-o.

Nessa época, Diana até mudou de uniforme usando um bustiê e bermuda pretos com uma jaquetinha azul. A mudança de uniforme causou polêmica, foi um assunto muito discutido em 2010 e acho que ainda continua sendo, mas colocaram uma calça na personagem (dando um visual bem diferente).

Eu até era contra, porém na verdade independente do modelo usado pra heroína espero que mantenham ótimas histórias pra que nós possamos acompanhar.

Outro fato quase desconhecido dos leitores é que além de Donna Troy, Diana também tem outra irmã.

Núbia é uma Mulher-Maravilha afro-descendente e foi a primeira heroína negra dos quadrinhos. Tem os mesmos poderes que sua irmã, no entanto Núbia foi raptada quando criança e quando retornou teve um confronto com Diana.

Tudo não passava de um ardil do deus Ares mais com o passar do tempo a personagem foi jogada no limbo.

Só pra constar, na série animada Os Joven Titãs em Ação teve um episódio no qual a equipe foi pra Sala da Justiça. Quero acrescentar que a Sala é uma lembrança agradável da molecada que assistiu ao desenho dos Super Amigos (eu sou um deles).

Continuando, na intenção de fugirem acabam entrando no local dos uniformes da Liga e vemos Robin de Batman, Cyborg de Lanterna Verde, Estelar de Flash, Mutano de Ajax e Ravena de Mulher-Maravilha.

É óbvio que aprontaram grandes confusões tendo que salvar a Liga de Darkseid em Apokolips, mas coisas ruins sempre acontecem com eles.

E temos outro momento marcante quando Vic voa ao redor do planeta (lembrando o clássico Super-Homem: O Filme, de 1978).

É um dos raros episódios desta versão dos Titãs que eu gosto de ver, porque na maioria das vezes o humor deles é tão louco que chegar a ser chato.

Pra fechar, quando a heroína fez 75 anos no passado foi admitida como embaixadora honorária da ONU, mas essa indicação teve problemas. O fato é que estão implicando por causa das pin-ups sensuais que são feitas da personagem.

E que seria melhor que colocassem uma pessoa de verdade. Eu até concordo mais seria melhor se nem tivessem indicado. Só que já fizeram isso e destituí-la do cargo seria uma forçada de barra ridícula.

É inegável que a Mulher-Maravilha serve de inspiração pra milhares de moças, mulheres e meninas ao redor do mundo inteiro e retirá-la de sua nomeação seria uma bobagem grandíssima.

O fato de existirem diversas pin-ups da heroína vai de encontro ao princípio de direito de liberdade de expressão que tanto os americanos apregoam.

A heroína tem diversas representação através da décadas. Confira na galeria abaixo algumas imagens da Mulher-Maravilha que garimpei na web

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s