Artista

z

14-Bis

Seu trabalho está sendo bastante divulgado na web e isso é óbvio por causa das musas dos desenhos animados que se apresentam de uma maneira bem caliente.

Seu estilo impressiona, pois além de suas pin-ups se apresentarem sempre de maneira sexy ainda temos uma ótima ambientação ao fundo.

Nas imagens você encontra: Mavis, Falbala, Juniper Lee, Peg, Frankie, Maga Patalógica, Isabella Garcia, Linda Flynn, Stacy Hirano entre diversas outras

Contemple a arte magnífica de 14-Bis no seu Deviantart e também na galeria abaixo

Anúncios

Imagens

z

Jeff Zoet Visuals

É um famoso fotógrafo, diretor, editor, designer entre outras mil coisas. Ficou famoso na web por mostrar excelentes cosplays de uma forma bem realista.

Além das personagens estarem bem caracterizadas há uma constante preocupação para nos ambientar nas fotos.

Seja com iluminação, cores, fundos entre várias coisas que nos fazem viajar com seu trabalho.

Contemple na galeria abaixo a arte excelente de Jeff Zoet

Temos cospaly da Poderosa, She-Ra, Cammy, Miss Marvel, Tenente Uhura, Jessica Rabbit, She-Hulk e muito mais.

Também encontrei na web outras modelos coplayers vestidas de: Mulher-Maravilha, Vampira, Kim Possible entre várias outras

Imagens

z-the_pebbles_show_by_timtilley

Sexy Girls

Ao surfar na web acabo me deparando com diversos artistas que demonstram com suas pin-ups uma alta dose de sensualidade.

Então aprecie na galeria abaixo algumas pin-ups que encontrei de Serena, Oficial Jenny, Marcelina, Judy Jetson,  Maron, Rosalie Rowan, Crystal Gems, Jasmine, Rapunzel, Irmãs Kanker entre outras

 

Artista

z

SgtMadness

Como sempre perambulando pelo Deviantart encontro vários artistas que merecem ter seu trabalho reconhecido.

Seu estilo de pin-ups é extremamente sexy com nossas personagens demonstrando uma maneira irreverente de comportar-se.

Na galeria abaixo você encontra: Trixie, Vampira, Apple, Mary Jane, Branca de Neve, Mavis, Jubileu entre diversas outras musas.

 

Artista

z

Dandonfuga

Há diversos desenhistas no Deviantart que merecem realmente ter destaque por causa de sua arte.

O estilo de Dandonfuga impressiona por suas pin-ups serem bastante sexy, mas principalmente mantendo uma feminilidade que parece ser natural.

Na galeria abaixo você irá encontrar algumas musas conhecidas nossas como: Cammy, Supergirl, Velma, Hera Venenosa, Harley Quinn, Rey, Korra, Chun-Li, Lara Croft entre várias outras.

Druuna

morbus1

É uma musa belíssima, encantadora, sexy e totalmente voluptuosa criada pelo mestre italiano Paolo Eleuteri Serpieri.

Podemos notar que a arte de Serpieri é bastante perfeita seja na composição dos cenários que são bem detalhados, seja na anatomia humana ou nas expressões faciais dos personagens. Ou misturando de forma caprichada luz e sombras utilizando a técnica de hachuras e até nas cores geralmente em tons frios e pastéis.

Druuna é famosa por causa de seu bumbum que mataria de inveja qualquer mulher fruta.

Dizem as lendas que a inspiração pro surgimento de nossa heroína foi a atriz Valérie Kaprisky.

Há também outra lenda que sua inspiração foi a playmate brasileira Ana Lima (pra mim parece mais com nossa musa do que a atriz citada acima).

O mundo de Druuna não é pra qualqer leitor, pois suas histórias são feitas pro público adulto contendo diversas cenas de sexo explícito e também de violência mostrando mortes horríveis.

Sua aventuras são complexas transitando tanto pelo sonho, quanto pela realidade de uma forma caótica (e também instigante).

De uma maneira estranha nos encantamos por esse mundo de ficção científica no qual Druuna faz tudo para sobreviver.

Mesmo que tenha que usar seu corpo sendo abusada das mais variadas formas possíveis pra conseguir seu intento.

Conheça algumas edições da revista Heavy Metal contando a saga de Druuna que tive o prazer de ler alguns anos atrás.

DruunaI-MorbusGravisI

Druuna – Morbus Gravis I

Durante a narrativa a civilização como conhecemos não existe mais, pois foi destruída por uma doença catastrófica que transforma o ser humano em mutantes deformados (e sedentos por sexo).

Estamos num mundo apocalíptico tal situação fez a humanidade regridir tornado-se extremamente egoísta, usando sempre a violência e maldade para seus propósitos.

Nossa história começa com Druuna deitada tentando ler um livro, mas imaginar as paisagens descritas nele a deixa confusa.

Ela vive com seu namorado Shastar que já foi transformado pela doença. Quando decidiu sair pra buscar outra dose do medicamento sofreu represálias e precisou se explicar para não ser morta.

Logo depois encontra um velhote baixinho que a leva pro rio. Ela precisa nadar pra chegar aonde precisa e no centro médico entrega-se pro Doutor Ottonegger a fim de conseguir remédio pra Shastar seu namorado.

Shastar tem essa doença, mas oscila entre momentos de lucidez e uma fera bestial que tenta domina-lo.

Na sociedade na qual vivem a humanidade regridiu a sentimentos básicos como instinto de sobrevivência e o poder do mais forte.

Por todo e qualquer lugar que Druuna caminhe com Shastar só vemos desolação e mutantes perigosos. Somente no final da edição nossa heroína descobre a verdade sobre sua existência.

O planeta Terra já não existe mais e a humanidade como último recurso decidiu entrar numa espaçonave pra se salvar.

Delta é a inteligência artificial da nave, mas com o passar dos séculos seu programa se corrompeu e foi infectado por uma doença alienígena.

Só pra constar, Delta me lembrou muito Hal 9000, do clássico 2001: Uma Odisséia no Espaço.

E pra ser sincero a beleza de Druuna não é tão evidente servindo apenas como primeira apresentação da personagem.

Voltando, nossa heroína protagoniza algumas cenas de sexo no decorrer da trama.

Morbus Gravis I é uma história impactante que mostra diversas informações fazendo-nos viajar durante sua narrativa.

DruunaII-MorbusGravisII

Druuna – Morbus Gravis II

A segunda edição já começa com Druuna totalmente nua numa praia paradisíaca.

Pouco após deitar-se na areia um homem também pelado vai conversar com ela e seus corpos se unem naquele cenário ímpar.

No entanto, Druuna acorda acorda e descobre que não passou de um sonho provocado por Lewis, uma cabeça humana conectada a uma rede de computadores capaz de feitos telepáticos inimagináveis.

Fez sexo mental com ela somente pra se lembrar de como era (beeem safadinha, essa mente poluída!!!).

Depois, Lewis incube Druuna a árdua tarefa de destruir Delta. Na realidade todos estão vagando pelo espaço presos num mundo artificial dentro da nave que logo explodirá.

Através de telepatia, Lewis conversa com nossa heroína ensinado-lhe o que precisa ser feito. Mesmo assustada, Druuna vaga dentro da nave por lugares que parecem ter saido direto de um filme de terror.

Logo encontra um senhor deformado pela doença que está quase cego. Ele tenta proteger Hale, sua filha. Após quase ser morta, Druuna junta-se a eles quando explicou que não lhe faria mal algum.

A situação se complica quando três soldados se aproximam matando o homem que estava atirando e fazendo delas suas prisioneiras. Após uma confusão com um monstro, Druuna consegue escapar dos soldados somente pra descobrir que o muntante que os estava perseguindo era seu amado Shastar.

Infelizmente ela cai de uma grande altura tendo alucinações de alguns acontecimentos bem confusos.

Nossa heroína acorda atordoada no quarto de Jack que parece ser um tipo de chefe de polícia. Pelo visto eles já se conhecem da época em que Druuna vendia seu corpo pra sobreviver.

Então, Druuna descobre que Hale está sofrendo nas mãos dos homens de Jack.

Ele adora se deliciar nas curvas de Druuna e pede que ela se vista com as lingeries que guardou. Após te-la em seus braços, Jack revela que no momento em que estava desacordada sua mente foi escaneada.

Descobriram sobre Shastar, um homem procurado, porém Lewis ajudou-a fazendo barreiras em suas memórias. Após essas revelações, Jack a possuiu novamente só pra manda-la pra terrível Sala H, local que sofrerá vários tipos de tortura pra revelar o que sabe.

A torturadora chicoteia, Druuna num misto de escravo e dominatrix. Quando estava pra sofrer mais, nossa musa recebe ajuda do velhote baixinho escapando pros subterrâneos.

Lewis age sempre contando em sua mente como agir. Druuna é guiada até Delta, a inteligência artificial que comanda a nave. Então, Lewis manda desligar a máquina, porém ao mesmo tempo uma catástrofre infernal estava ocorrendo.

E, Druuna também estava sofrendo bastante. Lewis desiste de desligar o computador. Num curto espaço de convivência, ele havia se apaixonado pela heroína (um sentimento esquecido até agora).

Morbus Gravis II é uma edição tão fantástica, quanto instigante. É a minha preferida de todas. Pra vocês terem uma ideia em alguns momentos realidade e sonho se unem e nós perdemos a sensação do que realmente está acontecendo na história.

Fim da primeira parte.

 

 

 

 

 

 

Pin-up

z

Andrew Tarusov

Se não me falha a memória seu primeiro trabalho a ganhar popularidade foram as musas de Game of Thrones serem retratadas como pin-ups sensuais.

Eu gostei do seu estilo que geralmente destaca suas personagens se divertindo. Causou um verdadeiro alvoroço na web seu trabalho mostrando algumas princesas e também vilãs da Disney de uma maneira bem sexy.

Confira na galeria abaixo a arte primorosa de Andrew Tarusov