Supermulher – Segunda Parte

laurel-kent

Ao longo das décadas a DC Comics nomeia vários personagens com o mesmo codinome, mas nem sempre você tem oportunidade de conhece-los.

Porém o seu amigo nerd de plantão arranjou um tempo para selecionar quais mulheres ostentaram o codinome de Superwoman (sem mais enrolação vamos a elas).

laurelkent_uko_smith

Laurel Kent

A heroína é uma integrante da famosa Legião dos Super-Heróis que atuou no distante séc. XXX (período Pré-Crise). Criada pelo lendário roteirista Jim Shooter e pelo artista Mike Grell, em 1976.

No início, Laurel foi a primeira descendente do Superman que surgiu no século 30, mas não sei por qual motivo estapafúrdio ao longo dos anos mudaram de maneira drástica sua origem (até sumirem com ela).

Seus poderes incluíam voo, invulnerabilidade, ficando fraca somente ao ser exposta a ktriptonita e também tornou-se uma exímia combatente corpo a corpo.

Quando entrou pra Academia da Legião, Laurel teve que dividir seu quarto com Vésper (e elas se tornaram grandes amigas).

Então veio aquela confusão desgraçada, pois afirmaram que Laurel era uma Caçadora Cósmica disfarçada que esteve hibernando por mil anos e acordou naquela época.

Depois retiraram essa loucura mostrando que o robô que havia atacado a LSH não passava de uma cópia, porque a verdadeira heroína esteve presa em cativeiro.

Na última versão, Laurel atua como Superwoman também no séc. XXXI ao lado de Kent Shakespeare, um outro descendente do Azulão neste período e também Batman (Brane Taylor) e Robin (Tom Wayne).

Há uma outra versão de Laurel Kent, na Terra-11 (mostrando versões femininas dos heróis que conhecemos). Nesta realidade paralela a heroína continua usando o nome de Superwoman.

Só pra constar na excelente edição Vingança Máxima parece que temos uma homenagem pra Supermulher em dose dupla, pois se refere a história antiga de Clara Kent entre várias outras referências (e seu nome também é Laurel).

Andromeda_Laurel Gand

Laurel Gand

Houve um período em que Laurel Kent foi substituída, pois haviam retirado o Superboy como vínculo de origem da LSH.

Puseram Lar Gand (Mon-El) no lugar do Garoto de Aço como maior herói do século 20 servindo de inspiração pra equipe do futuro distante.

Laurel Gand possuía todos os poderes do Homem de Aço e foi inspirada na nossa Supergirl, pois tinha cabelo loiro. Há algum tempo atrás, Gand teve seu codinome heroico mudado pra Andromeda.

lucy-lane

Lucy Lane

Criada pelas lendas Otto Binder e Curt Swan na edição Superman Pal Jimmy Olsen # 36, de 1959.

Lucy é a irmã mais nova de Lois e surgiu durante a Era de Prata como uma aeromoça servindo de interesse romântico pro Jimmy Olsen. Além de já ter sido namorada de Jimmy, Lucy foi casada com Ron Troupe.

Anos depois ressurgiu durante a fase de John Byrne e ficou cega sendo curada quando o Azulão enfrentou Bizarro nos céus.

Ficou mais um tempo no limbo retornando após Crise Infinita como uma oficial do Exército americano. Houve uma enorme mudança em seu status quo que sempre foi gentil e adorável, pois agora morre de inveja de sua irmã e tornou-se uma vilã.

Foi durante a saga Novo Krypton que aliada ao seu pai, General Sam Lane. Lucy passou a usar um traje que lhe confere superpoderes (iguais aos de qualquer kriptoniano).

Crime_Society_Earth-3

Superwoman – Sociedade do Crime

É uma supervilã que vive na Terra-3 e surgiu em 2007, seu mundo paralelo é bastante semelhante ao nosso. A grande diferença é que essa Superwoman integra a Sociedade do Crime uma versão deturpada da Sociedade da Justiça.

Essa equipe foi vista durante a Contagem Regressiva para a Crise Final lutando contra Donna Troy, Kyle Rayner e Jason Todd. Eles estavam procurando Ray Palmer que havia sumido desde que sua esposa havia enlouquecido e assassinado Sue Dibny.

Supergirl_(Cir-El)

Cir-El

Como curiosidade também temos esta Supergirl como descendente do Homem do Amanhã. Cir-El foi criada por Steven Seagle e Scott McDaniel surgindo pela primeira vez na edição Superman. The 10 Cent Adventure # 1 (2003).

A heroína possui quase todas as habilidades de Kal-El e podia emitir rajadas óticas num tipo de sol vermelho. Fato que anulava os poderes dos kriptonianos que estava sob o sol amarelo.

A adolescente havia surgido de repente em Metrópolis dizendo ser Supergirl e afirmando ser filha de Kal com Lois, mas que tinha vindo de um futuro apocalíptico. O Azulão fez um exame de DNA comprovando que ela era kriptoniana. Só que não tinha parentesco com Lois (deixando a repórter com a pulga atrás da orelha).

Depois ficamos sabendo que Cir-El havia sido criada por Brainiac e seu corpo tinha um vírus que controlaria o Superman no futuro atacando a Terra. Então para evitar que isso acontecesse, Cir-El se sacrificou atravessando um portal indo pra outra dimensão (apagando da existência tanto ela mesma quanto aquele futuro terrível).

Cir-El chamou minha atenção pelo seu jeito meio inocente de ser amiga de todos, por manter esse aspecto heroico de fazer o bem maior e até se sacrificar por causa disso.

louise-l

Supergirl – Louise-L

E só pra fechar num tempo muito, muito, muito distante temos uma heroína do período Pré-Crise dos anos 80. Loiuse-L é a Supergirl de 500.000 anos no futuro e ela afirma que é uma descendente de nossa Kara Zor-El.

Essa versão da Supergirl possui os mesmos poderes que um kriptoniano apresenta sob o sol amarelo.

Na aventura em que surgiu, Loiuse havia viajado pro passado para capturar dois vilões de sua época e pediu pra Linda Danvers que tomasse seu lugar enquanto estava por aqui.

No futuro do qual veio, Louise obtém seus poderes de um sol alaranjado que modificou significativamente seu nível de poder e também lhe concedeu a capacidade de hipnotizar quem quiser.

Atualmente a heroína está jogado no limbo como diversos e vários outros personagens da DC Comics.

Bom, essas foram somente algumas personagens que conheci garimpando na web, mas se for pesquisar mais a fundo encontraremos vários outras versões tanto da Superwoman, Supergirl e até da Mulher-Maravilha.

Relembre aqui da primeira parte e se gostou deixe algum comentário.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Supermulher

superwoman-lois-lane

Superwoman é a identidade heroica de várias personagens femininas do Universo DC. Só pra constar não sei explicar por qual motivo tosco a Mulher-Maravilha já foi chamada de Miss América e também de  Super-Mulher há alguns anos atrás.

A primeira Superwoman foi Lois Lane na edição Superman # 45, de 1947. A repórter sonhou que através de uma tranfusão de sangue havia ganho os superpoderes do Azulão.

Depois numa outra história, uma dupla de mágicos farçantes hipnotizaram Lois fazendo acreditar que tinha poderes. O Superman ajudou-a em supervelociade em todos os momentos que Lois agia.

Em outra aventura através de um aparato tecnológico criado por Lex Luthor, Lois ganha novamente superpoderes e atua como Super-Mulher.

No período em que eram casados na Terra-2, Lois ganhou poderes graças ao efeito de uma planta extraterrestre que Kal-L havia levado pra casa. E teve até uma vez em que Mxyzptlk transformou-a em heroína tendo direito até a uniforme.

Durante esse período com diversas histórias de realidades imaginárias Lois e Clark tiveram filhos. Numa dessas histórias a bela Laura Kent possuia os mesmos poderes do Azulão.

Em Grandes Astros: Superman, Lois toma uma fórmula criada pelo Homem do Amanhã que lhe confere poderes por apenas um dia.

Lana Lang em diversas histórias do período da Era de Prata também ganhou alguns superpoderes causando muita confusão na vida do Menino de Aço.

Na clássica edição O Que Aconteceu com o Homem de Aço?”, que homenageia esta época temos Lana novamente ganhando superpoderes para auxiliar o Azulão.

Vamos conhecer outras personagens que ao longo do tempo usaram o codinome Supermulher?

Lisa_Jennings

Superwoman – Lisa Jennings

É a atual heroína a usar o manto da personagem.

Lisa ganhou seus poderes quando uma pedra kriptoniana caiu em seu quintal após a explosão de Nova Krypton.

Inicialmente surgiu como inimiga do Homem de Aço perseguindo-o quando Kal-El estava receoso se o mundo ainda precisava de sua presença, porém depois inspirada por ele resolveu seguir carreira heroica.

Lisa Jennings é uma professora que pertence ao Esquadrão Superman. Uma equipe futurista composta por diversos Supermen tanto crianças, homens, mulheres, alienígenas e animais que lutam defendendo o ideal que o Azulão ensinou.

A verdade, a justiça e o modo americano igualitário de viver e sua base de operações fica na Fortaleza da Solidariedade, um hipercubo localizado num lugar fora do tempo e do espaço.

Earth_3_Superwoman

Sindicato do Crime da Amérika

É uma famosa equipe de supervilões baseados na Liga da Justiça.

Superwoman é a versão maligna da Mulher-Maravilha, da Terra-3. No período Pré-Crise, dos anos 80, ela era uma amazona renegada que tinha um laço mágico que podia se transformar em dragão.

No Pó-Crise, virou Lois Lane com alguns poderes que lembrava sua versão anterior.

Lois trabalha no Planeta Diário como editora-chefe. Enquanto Cat Grant a chama de “Cadela Rainha”, Ela usa Jimmy Olsen como seu escravo, pois ele a segue de maneira pervertida pra vê-la se trocando (e também servindo de seu informante).

A Superwoman parece ser “casada” com o Ultraman, versão do Super, mas mantém um caso tórido com o Coruja (versão do Morcegão).

A melhor versão destes vilões foi vista no ótimo DVD Liga da Justiça: Crise em Duas Terras.

clara-kent

Clara Kent

É uma contraparte feminina do kriptoniano que surgiu na edição DC Series: Superman # 349.

Na trama assim que o Homem do Amanhã volta de uma missão no espaço constata que todos na Terra tiveram seu sexo trocado. Enquanto homens viraram mulheres: Penny White Batwoman (Batman), Super-Mulher e Jenny Olsen.  As mulheres viraram homens Wonder Warrior (Mulher Maravilha), Louis Lane (Lois), Superlad (Supergirl) e Condor Negro (Canário Negro).

A parte interessante é que não há identidade secreta da heroína, Clara Kent, uma repórter e Supermulher são duas pessoas diferentes. Tudo não passava de uma brincadeira de mal gosto do Sr. Mxyzptlk que havia trocado tudo de propósito, porém assim que falou seu nome ao contrário tudo voltou ao que era antes.

Superwoman

Kristin Wells

Criada pelo mestre Elliot S! Maggin e também por Keith Pollard, Superwoman surgiu pela primeira vez na edição Superman: Miracle Monday, em 1981.

Kristin é uma estudante de jornalismo do século 29 e também descente do chatérrimo Jimmy Olsen.

Ela convenceu as autoridades lhe darem permissão pra viajar ao passado para descobrir a identidade da Superwoman (a fim de ajudar o Superman a derrotar o vilão King Kosmos).

Como Kristin não encontrou a heroína naquele período a solução foi ela mesma transformar-se na Supermulher usando tecnologia futurista. A Supermulher possui poderes de teletransporte, precognição, telecinesia, empatia e voo.

Depois de ajudar o kriptoniano, a Superwoman retornou pro seu tempo, mas teve que retornar outras vezes ao século 20 pra garantir que tudo deveria acontecer como era em sua linha temporal.

dana-dearden-obsession

Dana Dearden

É uma fã tão obcecada pelo Superman que namorou Jimmy Olsen somente com a intenção de conhecer o Azulão. Dana arranjou artefatos místicos para ter superpoderes conseguindo a força de Hércules, a visão de Heimdall, os raios de Zeus e a velocidade e voo de Hermes.

Ao sequestrar Jimmy que ficou acuado usando o relógio e tentou forçar o Superman a ficar com ela. Algum tempo depois Dana morreu protegendo o herói de ser morto por demônios, pois ficou sabendo de sua vulnerabilidade a magia.

luma_lynei_by_gb2k

Luma Lynai

Ela é uma das muitas heroínas que usaram o nome de Superwoman. A Supergirl vendo que seu primo estava muito solitário tentou arranjar uma namorada pra ele.

Ao usar o computador da Fortaleza da Solidão, ela encontra no distante planeta Staryl, a linda Luma Lynai. O herói logo depois voa pra lá a fim de conhece-la e ambos logo se apaixonam (vivendo um breve romance).

Mais pra sua infelicidade os poderes de Luma só funcionam sob os raios de sol laranja, pois na Terra o nosso faria nela os mesmos efeitos da kriptonita verde.

E Luma teve a triste decisão de terminar seu relacionamento, pois Superman deveria continuar na Terra como nosso protetor.

Fim da primeira parte.